Tâmaras e pasta de tâmaras. Qual a diferença?

Os ingredientes base

Ao decidir qual o ingrediente base para compor o início de uma deliciosa raw bar ou energy ball o leque é vasto, entre tâmaras, figos secos, alperces secos ou até mesmo passas, existem vários elementos funcionais.

No entanto, existem algumas particularidades a ter em conta quando decidimos qual a base da nossa receita.

Os figos secos e as tâmaras são os ingredientes que contêm maior teor de água e de açúcar (naturalmente presente), pelo que serão os mais fáceis de utilizar enquanto elemento base de qualquer formulação, permitindo uma fácil moldagem sendo o elo de ligação entre todos os outros ingredientes que juntarmos à mistura.

Os alperces e as passas destacam-se por um sabor distinto e embora também possam ser utilizados como uma base sólida para formular uma raw bar ou energy ball, necessitam tipicamente de ser utilizados em maior percentagem por forma a obter uma mistura sólida. Têm também a desvantagem de serem potencialmente mais dispendiosos que as tâmaras ou os figos.

Tâmaras

Pelos motivos descritos em cima, muitos de nós acabam por optar por escolher as tâmaras como ingrediente base para as suas receitas de raw bars ou energy balls.

No entanto, até entre as tâmaras existem marcadas diferenças, sendo que entre todas as variedades a mais utilizada para produção é a Deglet Nour. Esta é suave ao toque, doce e mantém níveis de humidade ideais para o processamento. Faz sentido optar por esta variedade ao formularmos as nossas receitas. No entanto, existem dificuldades associadas ao processamento de tâmaras inteiras, apesar de serem menos dispendiosas que qualquer outro sucedâneo. Esta dificuldade são os caroços.

Inicialmente poderá não representar um problema, no entanto, com o passar do tempo tornar-se-á cada vez mais penosa a tarefa de “descascar” estes pequenos frutos um a um para os podermos processar.

A pasta de tâmara

A pasta de tâmara é inevitavelmente uma solução para resolver este problema. Composta unicamente por tâmaras descaroçadas, trituradas e prensadas é uma forma  prática e rápida de obter a mais sólida base para  uma raw bar ou energy ball.

Mantendo os níveis de humidade, a pasta de tâmara mantém-se maleável durante todo os seu prazo de validade (normalmente 15 meses), sendo assim uma opção de pouco risco até para um projecto em fase de arranque.

A diferença?

Apenas jaz na vontade e tempo que cada um está disposto a investir ao processar a base das suas receitas, mais tempo ou mais dinheiro.

O que no fundo se traduz na mesma coisa! Façam no entanto as vossas contas e decidam qual é a melhor solução para o vosso projecto.

Qualquer questão estamos disponíveis em blog@wildbran.pt

Please follow and like us: